APCV

    CÓDIGO DE AUTORREGULAÇÃO DOS CERVEJEIROS PORTUGUESES PARA A COMUNICAÇÃO COMERCIAL

    A comunicação comercial nas sociedades democráticas com uma economia aberta desempenha um papel fulcral na escolha e opção dos consumidores, mas per se, não induz ao aumento de consumo de um produto, seja cerveja ou outro. Em mercados maduros, como é o caso da cerveja em Portugal, a comunicação comercial traz essencialmente notoriedade às marcas e permite a diferenciação entre elas (mercado maduro). Um estudo de opinião realizado em Espanha (Gimeno, J.A, UNED, 2006) confirma que a variável “efeito da publicidade” no consumo de cerveja representa apenas 1%. Marcas fortes de cerveja são uma das características do mercado nacional, como é aliá reconhecido internacionalmente através dos estudos sobre o mercado europeu de cerveja realizados pela Ernst & Young (2009 e 2011). No entanto, uma Comunicação Comercial Ética e Responsável e que contribua para a promoção de um consumo responsável é uma preocupação da APCV – Associação Portuguesa dos Produtores de Cerveja e das suas associadas.

    Desde 2006 que todas as empresas associadas da APCV, que representa 100% do setor, subscreveram o “Código de Autorregulação dos Cervejeiros Portugueses para a Comunicação Comercial” que é considerado uma “boa prática” na Europa, e que foi igualmente subscrito pelas associações representativas dos nossos clientes finais, a AHRESP e a APED.

    Como um pilar essencial da Auto-regulação, é a sua monitorização do cumprimento das regras através de uma entidade terceira e independente da indústria, a APCV entregou o seu Código ao ICAP (www.icap.pt), uma entidade independente e credível. Este Código Voluntário dos produtores cervejeiros, visa reforçar os aspetos legais da comunicação comercial (publicidade) e contribuir para um consumo de cerveja mais responsável.

    Entre outras temáticas, o Código adverte para o facto de a comunicação comercial não poder ser dirigida a grupos de risco (ex. jovens e grávidas) ou sugerir que beber cerveja possa insinuar qualquer êxito social, desportivo ou sexual. Também impede qualquer relacionamento do consumo de cerveja com o ato de conduzir.

    Relatórios de monitorização dos novos anúncios à cerveja em tv

    ver relatório 2º Semestre 2014

    ver relatório 1º Semestre 2014

    ver relatório 2º Semestre 2013

    ver relatório 1º Semestre 2013

    ver relatório 2º Semestre 2012

    ver relatório 2º Semestre 2011

    ver relatório 1º Semestre 2011

    ver relatório 2º Semestre 2010

    ver relatório 1º Semestre 2010

    ver relatório 2º Semestre 2009

    ver relatório 1º Semestre 2009

    ver relatório 4º Trimestre 2008

    ver relatório 3º Trimestre 2008

    ver relatório 2º Trimestre 2008

    ver relatório 2007-2008